Feevale apoia a quinta edição do projeto Arboriz(ar) | Universidade Feevale

Feevale apoia a quinta edição do projeto Arboriz(ar)

21/09/2020 - Atualizado 08h31min

Iniciativa visa propagar espécies arbóreas em cidades da região para combater problemas como aquecimento global

arborizar

Em comemoração ao Dia Mundial da Árvore, celebrado nesta segunda-feira, 21, Novo Hamburgo recebe a quinta edição do projeto Arboriz(ar). A ação, que conta com o apoio da Universidade Feevale, reúne empresas engajadas com o meio ambiente. Nesta edição, as mudas serão plantadas nas ruas Bento Gonçalves, Vereador Adão Rodrigues de Oliveira e Ignácio Treis.

Entre as espécies plantadas estão árvores de pequeno porte, como pitangueira, araçá e ipê amarelo, todas indicadas para arborização urbana, levando em conta cuidados com o calçamento e a presença de fiação elétrica. As espécies também foram selecionadas visando à criação de corredores com efeito paisagístico nas ruas. Também participam dessa iniciativa as empresas: Acessus Contabilidade, Jomo, Boaonda, Caimi & Liaison, Colorgraf, e Renovare Telecom.

Sobre o projeto
O Arborizar foi criado em 2015 e é o resultado da união de empresas de diversos segmentos, com o objetivo de propagar espécies arbóreas nas cidades da Região Metropolitana para combater problemas como aquecimento global e diminuição das áreas verdes. Já ocorreram edições em Novo Hamburgo, Cachoeirinha, Montenegro, Farroupilha, Ivoti e Estância Velha e, no total, foram plantadas mais de 900 mudas na região, sempre em vias urbanas. Em cada muda plantada, é colocado uma placa que identifica o apoiador do projeto.

Além do plantio das mudas, o projeto engloba a distribuição de cartilhas de educação ambiental e palestras sobre a importância das árvores, nas escolas municipais de ensino fundamental do município, para as crianças das turmas de segundo e terceiro ano. Nas palestras são apresentados os impactos benéficos da arborização, tais como atenuação do calor, abrigo para aves e diminuição da poluição do ar. Essas visitas serão realizadas assim que normalizarem as atividades presenciais nas escolas.