Vale do Sinos registra o maior número de casos de Covid-19 desde julho | Universidade Feevale

Vale do Sinos registra o maior número de casos de Covid-19 desde julho

30/11/2020 - Atualizado 16h17min

laboratório

Taxa de ocupação nas Unidades de Terapia Intensiva na região está em 92%

Levantamento divulgado pelo mestrado em Virologia da Universidade Feevale mostra que o número de casos de Covid-19 na região do Vale do Sinos teve um crescimento exponencial nas três últimas semanas. Para a pesquisa, foram considerados os dados disponibilizados pelo Conselho Regional de Desenvolvimento (Corede) do Vale do Rio dos Sinos (Consinos) e pelo Governo do Estado do Rio Grande do Sul, por meio do portal covid.saude.rs.gov.br/.

O levantamento demonstra que, em novembro, o aumento de casos positivos para Covid-19 na região atingiu um número superior ao registrado no pico, em julho. Na semana de 31 daquele mês, foram 1942 novos casos; em novembro, desde a semana do dia 13, foram 1477, 2101 e 2545 novos casos por semana, respectivamente, em todo o Vale do Sinos. Considerando somente os testes realizados pela Feevale, por exemplo, a média móvel de casos positivos subiu, de 25% em outubro, para mais de 40% nos últimos 20 dias – na semana de 22 a 28 de novembro, de 1204 amostras analisadas, 508 foram positivas. Em números absolutos, a região tem 32.203 casos acumulados de Covid-19, desde o início da pandemia, com 632 óbitos. A taxa de ocupação das Unidades de Terapia Intensiva está em 92%, também a maior desde o final de julho.

De acordo com a coordenadora do mestrado em Virologia da Universidade Feevale, Juliane Fleck, este é um período muito preocupante, em que se verifica uma maior procura nos centros de triagem nas emergências, fazendo com que unidades/leitos específicos para Covid-19 tenham que ser reativados.

Ainda, há profissionais de saúde afastados, por estarem infectados, exigindo mais daqueles que permanecem na linha de frente. Soma-se a isso, o cansaço dos profissionais de saúde, acumulado nesse ano desafiador, e a preocupação com a ocupação hospitalar, que pode colocar em risco aqueles que precisarem de atendimento, independente da motivação. É um momento de apreensão para todos que estão envolvidos no enfrentamento à pandemia. A população precisa estar ciente de que sua conduta será decisiva para o cenário das próximas semanas”, alerta.

Confira a evolução da pandemia no Vale do Sinos no link.

 

Atendimento Feevale

Câmpus I

De segunda a sexta-feira, das 7h15min às 22h15min.

Câmpus II

De segunda a sexta-feira, das 8h às 22h15min.
Aos sábados, das 8h às 12h.

Câmpus III

De segunda a sexta-feira, das 9h15min às 11h30min e das 12h30min às 18h.

Retornaremos o seu contato no prazo máximo de 72 horas úteis, a contar do momento de conhecimento do contato, podendo este ser ampliado em situações mais complexas.

Atendimento Feevale

Os atendimentos presenciais realizados no setor Atendimento Feevale de ambos os câmpus podem ser agendados.

Localização: sala 207 – 2º andar
Horário: de segunda a sexta-feira, das 7h15min às 22h15min.
Localização: sala 101 – térreo do prédio Lilás.
Segunda a sexta-feira, das 8h às 22h15min.
Aos sábados, das 8h às 12h.
Localização: sala 003 - pavimento 0 do prédio Sede.
Segunda a sexta-feira, das 9h15min às 11h30min e das 12h30min às 18h.
Verifique os demais setores que disponibilizam o atendimento agendado.