Acadêmicos vencedores do Renault Experience se preparam para etapa internacional | Universidade Feevale

Acadêmicos vencedores do Renault Experience se preparam para etapa internacional

24/09/2020 - Atualizado 14h39min

Evento acontecerá no formato virtual devido à pandemia da Covid-19

renault

O grupo de alunos da Universidade Feevale que venceu a etapa nacional do desafio Renault Experience está se preparando para a etapa internacional do evento, o Challenge Twizy Contest Global* da Renault. Com a pandemia da Covid-19, o evento, que aconteceria presencialmente na França, será realizado no formato virtual, no mês de dezembro, com data ainda a confirmar. Os acadêmicos estão realizando mentorias com profissionais da Renault e com professores da Instituição.

O protótipo da equipe FarmTwizy, que seria apresentado presencialmente na França, será desenvolvido de forma virtual, por meio de um modelo 3D com realidade virtual, para que seja visualizado de uma forma mais realística. O grupo está empenhado em desenvolver o primeiro protótipo da solução, que conta com um software integrativo, responsável por auxiliar o agricultor na gestão da lavoura. As principais ferramentas do projeto são um drone e um minilaboratório, que fornecem os dados para que o software processe e interprete as informações a fim de orientar o produtor na tomada de decisão.

Viabilizado pela Diretoria de Inovação e pelo Instituto de Ciências Criativas e Tecnológicas (ICCT), por meio do Centro de Design da Instituição, o grupo é composto por Niklaus Lauxen e Gustavo Siebel, do curso de Engenharia Eletrônica, Paulo César Junior, do curso de Engenharia de Produção, e Vinicius Wilbert, graduado em Design de Produto pela Feevale. Além disso, a equipe FarmTwizy está buscando novos profissionais para expandir o projeto, disponibilizando vagas para agrônomos e desenvolvedores de softwares. Interessados devem entrar em contato pelo e-mail farmtwizy@gmail.com.

Lauxen conta que os participantes definiram fases para o início de execução do projeto – na primeira etapa, contemplam a detecção de pragas por meio da análise foliar e a produção de um software de interação do usuário com o agricultor – e estão buscando investidores para a startup.

Nosso intuito é nos apresentarmos na final como empresa. Estamos trabalhando para mostrar um projeto de sucesso, com uma base sólida e um produto final bem desenvolvido”, finaliza Niklaus.

A equipe foi incubada na Softex, uma Organização Social Civil de Interesse Público (Oscip), que atua há 24 anos em prol do fomento da transformação digital brasileira, e também está em trâmites para pré-incubação no Feevale Techpark.

O projeto desenvolvido
Orientados pelos professores Juan Almada e Fabiano Nunes, os participantes tiveram a ideia de desenvolver o FarmTwizy, um veículo elétrico que traz para o mercado do agronegócio uma solução inovadora, com o propósito de aumentar a produtividade na agricultura. Além disso, de maneira inteligente, o produto proporciona mobilidade e gestão da lavoura. Com tecnologia moderna e de forma sustentável, o veículo oferece, ao agricultor, ferramentas para análise de solo, análise foliar e monitoramento visual de toda plantação, auxiliando-o no combate a pragas e orientando-o nas ações necessárias para obter os melhores resultados.