Maior desfile acadêmico de moda do Brasil será dia 5 de dezembro | Universidade Feevale

Maior desfile acadêmico de moda do Brasil será dia 5 de dezembro

02/12/2019 - Atualizado 11h31min

foto conceito

Projeta-me, que apresenta as produções dos formandos do curso de Moda da Universidade Feevale, acontecerá no Teatro Feevale

Dia 5 de dezembro, a Universidade Feevale realiza o maior desfile acadêmico de moda do Brasil. O Projeta-me, quando 37 formandos do curso de Moda desfilam suas coleções para a comunidade, acontece no Teatro Feevale, em Novo Hamburgo, a partir das 20h. A abertura do evento fica por conta do Espaço Dança Ivoti, cujos figurinos estão sendo produzidos pela disciplina de Projeto de Figurino, do curso de Moda. Outra atração será uma mostra sobre os projetos sociais da Universidade, no foyer do Teatro, das 18h às 20h.

Os ingressos já estão disponíveis e podem ser retirados, gratuitamente, na Bilheteria do Teatro Feevale (de segunda a sexta-feira das 12h às 21h e, no sábado, das 9h às 13h), e no Centro de Design (de segunda a sexta-feira das 9h15min às 12h e das 13h às 22h), na Universidade, ambos no Câmpus II. Será solicitada a doação de 1kg de alimento não perecível no dia do evento.

Nesta edição do evento, conforme a coordenadora da atividade, Ana Hoffman, todas as técnicas utilizadas foram grandes incentivos à criatividade, estando conectadas com o que há de mais inovador nas tendências do mercado da moda. Para a divulgação do Projeta-me e a criação do figurino da foto conceito, foi feito um exercício de criatividade, de onde surgiu a tríade de palavras vidro-lágrima-vestido. Essa associação de ideias conduziu a imagens da estilista Iris Van Herpen, da cantora da Islândia Björk, de estalactites e geleiras, de mar revolto em ondas, peixes fantasmagóricos bioluminescentes em reino abissal e deusas oníricas.

Para a criação e a produção do figurino, foram utilizadas técnicas de moulage e drapeados, experimentações em estamparia a partir da técnica tie dye e o conceito de weareable computing, unindo a tecnologia de sistemas computacionais à impressão 3D, de onde surge o glass. “São essas tecnologias, aliadas a projetos interdisciplinares entre o curso de Moda, por meio da disciplina de Produção de Eventos de Moda, responsável por organizar o evento em parceria com o curso de Engenharia Eletrônica e o Centro de Design, que fortalecem o propósito de democratização do saber”, explica Ana. “Poder partilhar essa experiência e mostrar aos alunos o seu potencial criativo e protagonismo, tornando-os confiantes e autônomos, é uma das grandes satisfações de ser professora. É como ser um motor catalisador de energia. Tudo está ali pronto e meio formado, só precisa de combustível ou estímulos”, completa.

foto conceito

Saiba mais sobre a produção da foto conceito

Segundo a professora Ana Hoffman, que está organizando o Projeta-me, algumas técnicas foram importantes para dar conta dos trabalhos. “Importante lembrar que um conceito, quando está em construção, é vivo e muda o tempo todo, até o momento em que se efetiva em produto”, afirma. Saiba mais sobre cada uma delas:

Moulage – modelagem do vestido: entre os métodos utilizados, está esta técnica francesa de criação e produção de modelagem tridimensional, na qual o tecido é envolvido no manequim para extrair as formas do corpo e brincar com essas formas, produzindo outras silhuetas. A técnica foi desenvolvida na década de 1920 por Madeleine Vionnet, inspirada pelos drapeados gregos, que possuíam ausência de costura.

Tie dye – estampa: a estamparia consiste em uma forma livre de pintura a partir da amarração, torção ou dobradura do tecido, para tingir criando padrões variados de cores. Essa técnica será uma das tendências predominantes do verão 2020. Os tecidos utilizados no projeto são oriundos de resíduos da indústria têxtil, atestando o compromisso da Universidade Feevale com os princípios de sustentabilidade e transparência.

Weareable computing – luzes em led: trata-se de uma tendência em que sistemas computacionais são instalados nas roupas e nos acessórios do usuário. Para a utilização dessa técnica, o Projeta-me contou com a parceria do professor Rubem Fagundes, do curso de Engenharia Eletrônica da Instituição, e do seu orientando Lucas Dariel. Por meio das disciplinas de processadores, foi utilizada uma plataforma especialmente projetada para uso em vestuário, programada para gerar diferentes padrões de acionamento em leds distribuídos no vestido.

Impressão 3D – acessórios do vestido: imprimir objetos tridimensionais a partir de arquivos criados em computador é uma tendência cada vez mais forte, o que faz com que a impressão 3D seja sendo apontada como uma das principais tecnologias da Indústria 4.0. Muitas empresas de diversas áreas, inclusive a moda, vem aos poucos adotando essa inovação. “Iris Van Herpen é uma estilista holandesa pioneira na tecnologia 3D aplicada ao vestuário e, nesta edição do Projeta-me, nos aventuramos a produzir alguns acessórios”, diz Ana Hoffman. O Centro de Design da Feevale foi responsável pelo desenvolvimento desses objetos. Segundo Jader de Moraes, que trabalha no espaço, com base no briefing repassado foi possível tomar os rumos para a iniciação do projeto a partir da prototipagem rápida. Primeiramente, com desenhos conceituais e sua materialização (mockup), foi organizado o conteúdo criativo, sintetizando sua aplicabilidade na modelagem 3D. Em busca de alternativas similares ao proposto, a construção em três dimensões culminou na peça física imaginada.

FICHA TÉCNICA

  • Modelo: Joana Souza
  • Fotógrafo: Rodrigo Fanti
  • Beleza: Carolina Eléguida
  • Figurino: Ana Cleia Hoffman, Débora Regina Ribeiro da Silva, Jéssica Schallenberger, Luana Polo, Maico William Mombach e Marilene Kelling
  • Pesquisa: Bruna Gama de Oliveira, Caroline Sauthier Dupont, Cláudia Linéia Krause, Laura Salim, Leonardo Netto de Oliveira, Luana Polo, Luana Schallenberger, Mariane dos Reis Camargo e Mayara Goldbeck Dias
  • Direção criativa e executiva: Disciplina de Produção de Eventos de Moda
  • Coordenação: Ana Cleia Hoffman
  • Agradecimento especial: Projeto interdisciplinar com Rubem Fagundes e Lucas Dariel (curso de Engenharia Eletrônica), Heleno Viero (curso de Design) e Centro de Design

Veja o fashion film: