Dicas de Segurança

Notícias relacionadas

Brigada Militar realiza treinamento na Universidade Feevale
• Encontro discute ações preventivas para a segurança acadêmica


Importância do Boletim de Ocorrências

A Brigada Militar reforça a importância do registro do boletim de ocorrência, para obter dados estatísticos que implicarão no planejamento das ações de segurança. Algumas ocorrências podem ser feitas pelo site www.delegaciaonline.rs.gov.br.

Na Escola/Universidade

• Ao vir para aula ou voltar para casa, evite deslocamentos de grande distância a pé, sem companhia ou em ruas ermas e escuras. 
• Procure estacionar dentro dos câmpus.
• Certifique-se de que o carro ficou trancado, sem objetos aparentes e com alarme acionado.
• Procure aguardar o transporte coletivo junto de outras pessoas.
• Aguarde sua carona próximo aos portões e em segurança.
• Na Feevale, sempre que desconfiar de estranhos ou situações suspeitas, acione um agente patrimonial ou ligue para (51) 9972-9643.

Em vias públicas

• Em deslocamentos a pé, evite andar sozinho, procure andar em grupos e estar atento às movimentações.
• Em trechos escuros ou desertos, prefira o ponto da calçada mais próximo da rua.
• Evite o uso de celulares ou equipamentos eletrônicos na rua ou em transportes coletivos, se tiver que portá-los, carregue de maneira mais discreta possível.
• Não transite portando somas elevadas, joias, cartões de crédito ou documentos, se não houver necessidade extrema.
• Evite ficar sozinho em pontos de ônibus isolados, especialmente à noite.
• Se você achar que está sendo seguido, atravesse a rua ou entre em algum estabelecimento.
• Evite usar caixas eletrônicos em locais isolados.

No trânsito

• Em semáforos, fique atento ao retrovisor e mantenha o veículo a uma distância razoável do carro da frente. Essa providência facilitará o arranque em caso de emergência.
• Evite ficar conversando dentro do carro à noite.
• Não deixe o carro estacionado na rua, principalmente durante a madrugada. Procure deixá-lo próximo a locais vigiados durante todo o dia e à noite.
• Ao sair do veículo, leve com você objetos, bolsas, pacotes e roupas, assim como documentos do carro. Acione sempre o alarme e certifique-se que ele esteja trancado.
• Em ônibus com poucos passageiros, sente-se próximo ao motorista. Separe o dinheiro da passagem, para não mostrá-lo na hora de pagar.

Em caso de assaltos e sequestros

• Procure manter a calma diante de uma arma, mesmo que isso pareça difícil. O bandido está sempre mais nervoso que a vítima, mas, em geral, não tem a intenção de matar.
• Não reaja, nem tente fugir. Forneça o que exige o criminoso. Assim, o tempo do roubo será menor.
• Não faça movimentos bruscos e procure alertar o assaltante dos gestos que pretende realizar, como pegar uma carteira, por exemplo.
• Tenha consciência de que há possibilidade de existir outra pessoa dando cobertura ao crime.

Em casa

• Tenha sempre à mão telefones de emergência, como Brigada Militar (190), Polícia Civil (197) e Bombeiros (193).
• Quando chegar ou sair de casa, fique atento. Essas são as ocasiões mais propícias para roubos e sequestros. Se desconfiar, aguarde, dê uma volta no quarteirão e chame a Brigada Militar.
• Selecione criteriosamente os prestadores de serviço de sua residência, com referências anteriores. Marque hora com as pessoas que farão serviços em sua casa. Exija sempre identificação e nunca as deixe sozinhas. Guarde em local seguro as notas fiscais de série de seus bens (TV, som, vídeo, relógios).
• Ao sair, certifique-se de que as portas e janelas voltadas para áreas externas estão trancadas, inclusive a garagem.
• Procure conhecer seus vizinhos - onde trabalham, telefones, hábitos, horários de saída e chegada.
• Não forneça dados pessoais por telefone e oriente os empregados para que façam o mesmo.
• Ao viajar, suspenda a assinatura de jornais e revistas e solicite a uma pessoa de confiança que pegue suas correspondências.
• As crianças devem ser orientadas para não abrir a porta para estranhos e nem trazê-los para casa sem autorização.
• Mantenha o controle das chaves de sua residência, só fornecendo cópias para pessoas de confiança.
• Ao atender chamados em frente à sua residência, procure fazer a distância, evitando contato direto próximo a grades e portões. Não abra o portão sem ter certeza.